Categorias
Mais comentários

Produtos relacionados

Aerogerador Bornay 1kW Wind 13+ Conexão à Rede

Características do produto

Para o uso em instalações eólicas.
Código del producto: da1976

Especificações técnicas da turbina eólica
- Número de hélices: 2
- Diâmetro: 2,86 metros

Especificações elétricas
- Potência nominal: 1000 W
- Potência de pico: 1500 W
- Tensão nominal: 220 Vac
- Alternador: ímãs permanentes trifásicos
- Ímãs: Neodímio

Velocidade do vento
- Faixa de operação: 2-30 m / s
- Para início: 3 m / s
- Para potência nominal: 12 m / s
- Para frenagem automática: 14 m / s
- Velocidade máxima do vento: 60 m / s

Especificações físicas
- Peso da turbina eólica: 41 Kg
- Dimensões da Interface Vento +: 399 x 494 x 353 mm
- Interface Vento + Peso: 14 Kg

Especificações Técnicas Interface Wind +

Interface Wind + retifica, controla e filtra a energia produzida pela turbina eólica, entregando energia adequada para uso em diferentes aplicações:

· Ligação à rede, a interface fornece corrente contínua ao inversor de ligação à rede SMA.

· Bombagem de água, a interface fornece energia diretamente em corrente contínua para o funcionamento de bombas como a Grundfos SQFlex, ou corrente alternada trifásica a 230 V para o funcionamento de qualquer tipo de bombas ou motores.

· Telecom, a interface entrega energia em corrente alternada produzida pelo aerogerador, diretamente para os retificadores, ou em corrente direta para os inversores dependendo do fabricante do sistema.

Entrada de turbina eólica
- Tipo de entrada: CA trifásico
- Conectores: MC4
- Faixa de tensão de operação: 80 - 480 Vca
- Tensão máxima permitida: 510 Vac
- Potência máxima: 3000 W
- Resistência de frenagem: 5000 W
- Proteção de entrada de varistores

Partida
- Corrente: DC / AC
- Conectores: MC4
- Tensão de saída: 80 - 380 Vac / 100 - 450 Vac
- Proteção: IGBT

Operacional
- Consumo em espera: <3 W
- Consumo na potência máxima: <30 W

Conexões
- Anemômetro: Sim, opcional
- Comunicações: 2 x RS485 / 1 x RS232
- USB: 1 x mini USB tipo B fêmea
- Bluetooth: opcional com dongle Bornay Bluetooth
- Parada de emergência: Sim, cogumelo de emergência
- Parada de emergência: Sim, com interruptor externo.
- Relé: potencial livre, COM, NO, NC
- Entradas auxiliares digitais: 2
- Saídas digitais: saída de pulso para sincronização com inversores com curva de potência F-P

- Garantia do produto: 3 anos

 

 

Como funciona um aerogerador?

1. Um aerogerador aproveita a força do vento para fazer girar as suas lâminas e produzir assim electricidade graças ao seu alternador interno.

2. As lâminas do aerogerador estão ligadas a um eixo que transmito os movimentos de rotação ao alternador e este, com os movimentos de rotação, produz electricidade.

3. Quanto mais rápido girar o moinho, mais electricidade será produzida.

Um aerogerador é formado pelas hélices ou lâminas (B), que podem ser desde 2 até 6, cuja forma aerodinâmica favorece ao máximo o aproveitamento do vento. É ainda formado pelo eixo (C), que recolhe a força das lâminas e a transmite ao alternador (D), sendo que é este o responsável por transformar o movimento em energia eléctrica contínua (12, 24 ou 48V). O regulador (G), controla a electricidade produzida e regula a carga até às baterias. O último elemento a destacar é a cauda (E), cuja função é fazer girar o aerogerador na orientação adequada para que capte a máxima quantidade de vento.

 

 

 

Como se produz a energia eólica ou vento?

A energia eólica é um resultado da energia do sol sobre a terra. Durante o dia, o sol aquece as superfícies de terra e as superfícies líquidas do planeta. A superfície terrestre aquece de forma mais rápida que os mares e oceanos e, de igual modo, durante a noite a zona de terra arrefece mais rapidamente. O facto de o ar frio descer e o quente subir, produz correntes de ar entre as diferentes zonas do planeta segundo as suas temperaturas, resultando deste processo aquilo que conhecemos como vento ou energia eólica.

 


 
 
Necessita de um kit solar à sua medida? Nós fazemos-lhe um personalizado:
 
Se nenhum kit da Damia Solar cumprir com as suas necessidades de consumo eléctrico, preencha o seguinte formulário e iremos realizar um orçamento à medida, sem qualquer compromisso, para a sua instalação solar na sua casa, casa de campo, quinta, etc.. Com pré-instalação Monta Fácil gratuita! O seu kit solar personalizado e fiável que cumpre as suas necessidades durantes muitos anos:  

 

 

 


Precisa de mais informações? Contate com um técnico de Damia Solar:

*Nome
*E-mail
*Telefone
*Comentário
*Código de validação
AntiRobotsAntiRobotsAntiRobotsAntiRobots


Conselhos para fazer a sua própria instalação solar

A INCLINAÇÃO DOS PAINÉIS SEGUNDO A ÉPOCA DE UTILIZAÇÃO:

Sabia que…? Durante uma instalação, é importante determinar o grau de inclinação dos painéis solares. Isto dependerá do uso que quisermos dar à instalação: se quisermos um uso constante durante todo o ano, o ideal será dar ao painel uma inclinação de 60º, e pô-la-íamos do mesmo modo se fosse apenas para uso de inverno. Procede-se desta maneira já que é a inclinação mais adequada para o inverno, quando há menos intensidade de luz e é necessário maximiza-la. No verão aconselha-se a colocação dos painéis com uma inclinação de 15º-
Todavia, para uma inclinação perfeita e de máximo aproveitamento da energia solar, é recomendável utilizar a secção “Dimensionamento” para um cálculo idóneo da sua instalação segundo a latitude da zona.

Conselho 3

▶ Ver todos os conselhos