Categorias
Mais comentários

Produtos relacionados

Bateria solar monoblock ciclo profundo Solar lux 250Ah C100

Características do produto

Bateria solar de calidade com terminais de cobre.
Código del producto: da1520

Características

- Voltagem: 12V.
- Marca: Solar Lux.
- Tipo de bateria: Solar Monobloco.
- Baixa manutenção.
- Placa de separação entre células reforçadas.
- Baixa auto descarga.
- Baixa corrente de flutuação.
- Terminais de bateria em cobre.
- Fabricadas de acordo com a certificação ISO 9002 e cumprindo os regulamentos CE e UL.
- Recipiente de material ABS resistente ao fogo.
- Garantia de 2 anos.

 

 

 

 

As baterias de uso mais habitual numa instalação solar são as baterias solares monobloco, as AGM e as de gel. Estas baterias são de 12V pelo que se podem usar de modo individual em instalações solares que funcionem a 12V. Porém para ser usadas em sistemas a 24V, será necessário combinar as baterias entre si até que seja conseguida a voltagem e capacidade de carga necessárias.

As baterias podem ser ligadas entre si, formando três tipos diferentes de conexão:

 

Conexão em paralelo:

A conexão em paralelo é utilizada para ligar entre si baterias em instalações a 12V. Para isso conectam-se entre si todos os polos positivos e, por outro lado, todos os polos negativos. Os cabos positivo e negativo daqui resultante, ligam-se ao regulador nas entradas positiva e negativa respectivamente.

A ligação em paralelo serve para multiplicar a capacidade da bateria enquanto a voltagem (12V) se mantem constante.

Por exemplo, se se dispõe de 2 baterias de 250Ah de capacidade cada e 12 voltes: ao serem conectadas em paralelo obtém-se uma bateria total de 500Ah de capacidade e de 12V.


Conexão em série:

A conecção em série realiza-se quando se querem utilizar baterias de 12V para armazenar a energia de instalações de 24V. Através desta conexão, mantem-se a capacidade da bateria mas multiplica-se a voltagem, passando de 12 a 24V.
Por exemplo, a conexão em série de 2 baterias AGM de 250Ah de capacidade e 12V dará como resultado uma bateria total de 250Ah de capacidade e de 24V.

Para realizar este tipo de conexão deve-se unir o polo positivo de uma das baterias com o polo negativo da outra.

Os polos restantes servirão de ponto de ligação dos cabos positivo e negativo e provêm do regulador da carga. (Ver imagem).


Conexão mista em série e paralelo:

Este tipo de conexão é realizada em instalações a 24V onde se queiram conectar mais de 2 baterias de cada vez. Nesta caso, devem-se colocar baterias sempre de dois em dois (para obter a voltagem de 24V). Quer isto dizer, em números pares: 2, 4, 6 e 8. Não se recomenda conectar entre si mais do que 8 baterias de 12V, já que pode prejudicar a instalação por causa das perdas de rendimento.

Por exemplo, imaginemos que temos 4 baterias AGM de 250Ah e 12V cada. Em primeiro lugar, procede-se à realização da ligação em série entra a primeira bateria e a segunda (ou seja, entre o polo positivo de uma e o polo negativo da outra), e entre a terceira e a quarta. Assim obtemos dois grupos de baterias de 250Ah de capacidade e 24V de tensão cada. O passo seguinte será conectar em paralelo um grupo com o outro. Para isto ligam-se entre si os polos positivos dos dois grupos e, por outro lado, os polos negativos; resultando uma ligação como a que se pode ver na imagem à esquerda. Desta forma obtemos como resultado uma bateria total de 500Ah de capacidade e 24V.

Atenção: Nunca se devem conectar entre si os polos positivo e negativo de uma mesma bateria. Isto pode produzir um curto-circuito e um dano irreparável na bateria. Também não se podem ligar entre si várias baterias em círculo, pelo mesmo motivo. Em caso de dúvida, consultar a Damia Solar.

 

 

Os cabos mais importantes de uma instalação solar são aqueles que se utilizam para ligar as baterias entre si e o que liga a bateria ao inversor. Estes cabos devem ser suficientemente grossos para suportar sem problemas uma demanda de energia forte a partir de alguma das fontes de consumo ligadas à instalação solar.

Para fazer a ligação entre baterias deve-se utilizar sempre o cabo eléctrico de 50 mm2 de secção. Para ligar a bateria ao conversor o cabo recomendado será o de 25 ou 35 mm2 de secção. 

 


 
 
Necessita de um kit solar à sua medida? Nós fazemos-lhe um personalizado:
 
Se nenhum kit da Damia Solar cumprir com as suas necessidades de consumo eléctrico, preencha o seguinte formulário e iremos realizar um orçamento à medida, sem qualquer compromisso, para a sua instalação solar na sua casa, casa de campo, quinta, etc.. Com pré-instalação Monta Fácil gratuita! O seu kit solar personalizado e fiável que cumpre as suas necessidades durantes muitos anos:  

 

 

 


últimas opiniões

Comentado gracienc
Precios competitivos y atención técnica bastante profesional. Ha sido una buena compra.

Comentado nicolasromeo
Indicar que el trato que habeis tenido conmigo ha sido impecable. Gracias

Precisa de mais informações? Contate com um técnico de Damia Solar:

*Nome
*E-mail
*Telefone
*Comentário
*Código de validação
AntiRobotsAntiRobotsAntiRobotsAntiRobots



Produtos complementarios
Organizar por:


Conselhos para fazer a sua própria instalação solar

INSTALAÇÃO EM CORRENTE CONTÍNUA (12V) OU EM CORRENTE ALTERNADA (22V)

Sabia que…? Antes de começar a dimensionar uma instalação é importante determinar o uso que lhe vamos dar. Se se tratar de uma casa ou refúgio onde queremos apenas instalar iluminação e onde há um percurso pequeno de cabos, pode-se fazer a instalação a 12V, pelo que não será necessário pôr um inversor de corrente. Neste caso, as lâmpadas de baixo consumo a utilizar seriam as de 12V.
Se, pelo contrário, necessitar de um uso complementar de equipamentos elétricos convencionais na sua casa como a televisão, eletrodomésticos, frigorífico, etc, ou então de instalações de luz para grandes distâncias, utilizar-se-á um inversor de corrente de 12V (corrente contínua) a 22V (corrente alternada)

Conselho 1

▶ Ver todos os conselhos